Agronegócio

02/04/2017 17:15 Hypennes

Conheça Vida, uma produtora de cacau no Gana que está usando métodos inovadores pra preservar as florestas

Embora o cacau seja uma árvore bem americana, cerca de 70% do chocolate que consumimos hoje utiliza cacau proveniente de países africanos. Gana é um dos países líderes nessa produção – aproximadamente 2,5 milhões de novos acres foram dedicados ao cultivo apenas entre 1988 e 2010 no país. Apesar disso, a produção de cacau por acre vem diminuindo graças às más práticas utilizadas.

Quem vai na contramão desta tendência é a produtora Vida Tsatso Boaful, uma entre os 700 mil fazendeiros do país que dedicam suas vidas à produção do cacau. Natural de Nkranfum, ela participou de um treinamento voltada para mulheres que vivem do cultivo do cacau sobre práticas de agricultura sustentável promovido pela Rainforest Alliance.

gana2

Foto: Rainforest Alliance.

De acordo com estudos realizados no país, as mulheres que produzem cacau costumam gastar uma maior proporção de seus ganhos em comida para a casa quando comparadas aos homens. Isso mostra a importância destas profissionais não apenas na manutenção do plantio, mas também para a saúde da economia local.

Após participar da capacitação, Vida vem aplicando as técnicas aprendidas em seus cultivos e consegue fazer com que suas árvores tenham um maior rendimento. Dessa forma, ela não precisa desmatar a floresta para expandir seus cultivos, como fazem outros fazendeiros da região. O método utilizado não visa apenas diminuir o desflorestamento, mas também busca manter as árvores saudáveis por mais tempo ao mesmo tempo em que aumenta a produção de cada pé. Segundo contou ao Global Citizen, sua produção cresceu de três para 10 sacas por acre após implementar as técnicas aprendidas.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo