Agronegócio

17/10/2017 09:25 NOTÍCIAS AGRÍCOLAS

Retorno das chuvas anima produtores de MT

Conforme previsões divulgadas pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Mato Grosso deverá ser um dos estados mais beneficiados com o retorno das chuvas nos próximos dias, informação que se confirmada, mudará substancialmente a condição atual das lavouras de soja. Algumas plantas já não suportam mais a falta de umidade e demandam chuvas o mais rápido possível. 

Com o fim do bloqueio atmosférico, mais instabilidades passarão a ser vistas pelo Brasil. Além do Sul do país, que ainda terá bastante chuvas nos próximos dias, Mato Grosso, maior produtor de grãos brasileiro, será um dos mais beneficiados. Os volumes diários ainda serão baixos – até 11 milímetros no dia 18 de outubro –, conforme mapas do Inmet. 

Nos últimos dias, poucas chuvas atingiram as áreas produtoras da região central do Brasil, que estão com plantio atrasado. As precipitações aconteciam apenas nos estados produtores do Sul do país. De acordo com Morgana Almeida, chefe do centro de Análise e Previsão do Inmet, a partir do dia 20 e 21 de outubro, as chuvas devem entrar com maior intensidade para Mato Grosso, São Paulo e Rio de Janeiro. A partir do dia 23 até o dia 29, os modelos indicam uma grande concentração de chuva na região central. 

A meteorologista lembra que esse período do ano é bastante crítico. Com isso, os produtores devem ficar atentos às atualizações meteorológicas diárias para obter uma previsão mais correta para a área de interesse. 

A AGResources confirma mudança do padrão climático no Brasil. Com a disseminação da massa de ar que impedia a formação e chegada de novas chuvas sobre regiões de Goiás, leste do Mato Grosso, todo o Mato Grosso do Sul e a região sojicultora de São Paulo e acredita que as precipitações mais significantes deverão voltar no fim de outubro. A transição de mês também trará uma mudança de padrão climático para o Brasil. 

O atual padrão de chuvas intensas sobre o Sul e a seca no Centro-Oeste deverá ter posição invertida durante quase todo o mês de novembro, enquanto um padrão mais árido se estabelece sobre o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e sul do Paraná. 


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo