Agronegócio

01/11/2017 10:58 Portal do Agronegócio

Aumenta o risco da área de soja a ser replantada

A presença de uma instabilidade sobre a faixa central do Brasil deixa o tempo bastante instável nesta terça-feira (31) em grande parte das regiões produtoras de Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, oeste da Bahia, Tocantins, Maranhão e Piauí.

Como essas chuvas continuam sendo bastante irregulares, os volumes previstos podem variar muito de local para local. Isso tem causado muita apreensão aos produtores, principalmente os sojicultores, visto que o mês de novembro se inicia nesta quarta-feira (01) e muitas áreas ainda não foram semeadas, e se foram, é alto o risco de terem de ser replantadas.

Por outro lado, as lavouras de café e cana de açúcar podem de certa forma, serem beneficiadas por essas chuvas irregulares, uma vez que elas estão mantendo os solos com níveis razoáveis de umidade e uma condição relativamente boa ao pegamento e desenvolvimento das lavouras. Além disso, com a presença da frente fria, as temperaturas não estão tão altas, o que também contribui para uma condição mais favorável ao desenvolvimento das plantas.

Em toda região Sul e metade sul do Mato Grosso do Sul, a terça-feira será de tempo aberto e sem previsões para chuvas. Já em São Paulo podem ocorrer algumas pancadas de chuva isoladas entre o final da tarde e começo da noite.

A previsão para a semana é de tempo instável, com pancadas de chuvas em toda a faixa central e Norte do País, possibilitando assim que o plantio da soja avance, bem como uma melhora nas condições das lavouras. Já no Sul, com a previsão de continuidade do tempo aberto, as condições se mantém bastante favoráveis ao plantio e tratos culturais na cultura do arroz, assim como para a colheita do trigo.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo