Agronegócio

02/10/2018 10:48

Emanuelzinho prioriza baixada e pode se tornar um fenômeno de votos dessas eleições 

 

Emanuel Pinheiro da Silva Primo, ou o Emanuelzinho como é conhecido no meio político. Filho do atual prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro, Ele tem 23 anos já é graduado em Ciência Política e cursa Direito , já presidiu a Juventude do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), ocupando uma das diretorias. Por acomodação política preferiu se filiar ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), para concorrer a uma vaga na câmara federal  nessas eleições. Emanuelzinho se eleito for, vai estar concretizando um sonho de seu avô, o ex-deputado Emanuel Pinheiro, a época do MDB, quando foi assassinado em Chapada do Guimarães nos anos 70, e se preparava para vôos mais altos a câmara federal ou quem sabe ao senado da republica. Com todo esse cartão de apresentação pode se tornar um fenômeno de votos nessas eleições de 2018, e que o candidato Emanuel Pinheiro Filho (PTB), o Emanuelzinho, lidera a disputa para deputado federal em Cuiabá, segundo levantamento feito pelo Voice Pesquisas, e quem pontua  3% das intenções de voto, na modalidade espontânea. “Conheço o caráter do meu pai e tenho confiança na inocência dele. Isso ele vai provar na Justiça, utilizando-se dos direitos ao contraditório e da ampla defesa como é garantido pelo Estado Democrático de Direito do qual fazemos parte”, já ressalta Emanuelzinho em entrevista, ao tratar do assunto, que ele considera passado e requentado. Também para ele, o eleitorado nesse ano, quer novos políticos, idéias e ideais novos com visão do futuro de um todo, é a  chamada “nova política” , com planos e projetos estratégicos para as regiões como o povo espera de um político. A priori Emanuelzinho discute projetos estratégicos na baixada cuiabana, a qual considera desprestigiada e abandonada. “A população quer uma política séria, com candidatos que mantenham a proximidade e o contato direto com os eleitores. Essa é a verdadeira essência política”, destacou ele, comentando sobre o objetivo de servir a sociedade através da política seria e desprendida.

Há pouco mais de uma semana das eleições, o candidato a deputado federal Emanuelzinho (PTB) intensifica o corpo a corpo na região da Baixada Cuiabana, uma das principais área da construção de sua base eleitoral.

Nos últimos três dias, foram intensas reuniões passando por Poconé e Várzea Grande, região do Vale do Rio Cuiabá, como é intitulada a Baixada Cuiabana composta por 13 municípios.

As idéias municipalistas do postulante a Câmara Federal, sobretudo para a região da Baixada Cuiabana, deram o tom da visita, no município de Poconé.

Nesse sentido, a busca do candidato será discutir o redesenho do Pacto Federativo que hoje apresenta o direcionamento dos impostos em 60% para União, 25% aos Estados e apenas 15% aos municípios.

 “Isso não é razoável! Do bolo tributário, tudo que o cidadão paga de imposto, a cada R$ 100 reais cerca de R$ 60 fica com o Governo Federal. Quero equilibrar isso para que os municípios consigam custear suas atividades porque é aqui que o cidadão paga seu imposto e, muitas vezes, o imposto vai para Brasília, some e não tem retorno”, explicou Emanuelzinho aos prefeitos e lideranças da baixada cuiabana.

A mesma temática foi abordada nas lotadas reuniões em Várzea Grande, porém o candidato deu exemplo da ineficácia do atual Pacto Federativo em relação a saúde pública.

“Nossos prontos socorros e hospitais regionais estão superlotados, recebendo demanda de todo o Estado e até mesmo da Bolívia e Venezuela. Com 15% da carga tributária, como arca com tudo isso? Não consegue! Por isso, eu tenho uma proposta concreta para saúde”, disse.

A idéia do candidato é propor a construção de um hospital federal totalmente custeado pela União, detentora da maioria dos impostos, com o intuito de desafogar os prontos socorros e oferecer qualidade no atendimento da saúde, qual hoje se encontra sobrecarregado.

O candidato a Deputado Federal pelo PTB, também tem trabalhado forte nos municípios de outras regiões de Mato Grosso. Ele visitou no último final de semana, os municípios de Barra de Bugres, Tangará da Serra e Nova Olímpia.

Recebido pelas lideranças locais, o principal tema do petebista foi a Educação uma das bandeiras que tem os jovens como o público alvo. Entre as propostas  está o fortalecimento das escolas técnicas para assegurar a maior qualidade dos cursos técnicos.

“Vamos propor investimentos nos cursos técnicos, em tecnologia e infraestrutura, porque a procura tem crescido cada vez nos últimos 6 a 7 anos e será através das escolas técnicas e de acordo com a realidade socioeconômica de cada região que iremos impulsionar esse importante segmento da Educação”, explicou Emanuelzinho aos prefeitos desses municíios. Ainda para o petebista, as unidades de ensino mais procuradas tem sido as que ofertam cursos técnicos profissionalizantes, e fortalecer essas instituições como, por exemplo, o Instituo Federal de Mato Grosso (IFMT),  tem sede em Tangará da Serra, é fundamental para garantir mais oportunidades aos jovens. “Precisamos pensar nos nossos jovens. É preciso direcioná-los ao mercado de trabalho e nada mais oportuno do que capacitá-los tecnicamente de acordo com aquilo que sua região lhe oferta”, frisou, lembrando que esta é a sua terceira viagem pelo interior. Ao todo, são mais de 20 municípios com o objetivo de intensificar o corpo a corpo e conhecer a realidade do Estado.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo