Brasil

01/10/2018 09:45

Wellington surpreende, assume segundo lugar e já projeta campanha no segundo turno

Wellington surpreende, assume segundo lugar e já projeta campanha no segundo turno

Da Redação

O candidato ao governo pela Wellington Fagundes (PR), já está consolidado na segunda colocação da corrida eleitoral. É o que demonstra pesquisa divulgada pelo instituto Mark na última quarta-feira (26), onde o candidato aparece com 25,2% das intenções de voto, com uma vantagem de 7,7% sobre o segundo colocado, Pedro Taques (PSDB). Na liderança, está o ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM), com 36,1%. A pesquisa aferiu ainda que  Arthur Nogueira (Rede) soma 0,9% e Moisés Franz totaliza 0,2%. Os eleitores que declararam intenção de votar em branco ou nulo são 9,7%. Dos entrevistados, 10,4% não souberam ou preferiram não opinar.

A pesquisa Mark de intenção de votos ouviu 1061 mato-grossenses entre 22 e 24 de setembro, sob metodologia quantitativa e técnica survey de opinião. A pesquisa está registrada na justiça eleitoral sob protocolo MT-006751/2018. A margem de erro é 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos. Os resultados das tabelas foram arredondados pelo programa para totalizarem 100%.

A Mark detalha bem o atual quadro eleitoral, com Mauro já garantido no segundo turno, e Wellington e Taques brigando pela segunda vaga. Porém, Wellington vem surpreendendo, crescendo nas intenções de votos, e como demonstrado pela pesquisa, já superando o governador Pedro Taques, que busca a reeleição.

O crescimento de Wellington se deve a diversos fatores, mas principalmente pela estratégia de campanha, que vem fazendo com que haja um maior engajamento da população com as reuniões, carreatas e caminhadas que tem realizado em Cuiabá nos municípios do interior de Mato Grosso. 

“Estamos visitando as cidades, recebendo o apoio, e isso nos deixa ainda mais entusiasmados em continuar fazendo uma campanha próxima das pessoas. Avalio esse momento da campanha como extremamente positivo, pois temos conseguido levar a proposta de um governo diferente, com simplicidade e próximo das pessoas”, afirmou Wellington Fagundes.

Em Cuiabá, as ações se intensificaram. Contando com dois cabos eleitorais de peso, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e a deputada estadual Janaina Riva (MDB), Wellington viu sua candidatura decolar, ganhando a simpatia da cuiabania, fator que pesou bastante nos números das últimas pesquisas divulgadas pela imprensa.

O prefeito Emanuel Pinheiro, por exemplo, sempre destaca o empenho de Wellington para conseguir mais recursos para o novo Hospital e Pronto Socorro de Cuiabá. “Com a ajuda de Wellington vamos entregar a obra mais esperada não apenas para Cuiabá como para toda Baixada. Junto com o ministro Blairo Maggi, Wellington conseguiu a destinação de R$ 100 milhões para concluir todo o projeto até o final do ano”, frisou o prefeito.

Com a “Onda Verde”, Wellington vem percorrendo os municípios do Estado, e por onde passa, recebe apoio da população. e acordo com o vice-prefeito de Vila Bela da Santíssima Trindade, André Bringsken (MDB), Wellington Fagundes é o candidato que reúne as melhores condições de governar o Estado. “Tem muito serviço prestado em todo Mato Grosso. É municipalista, por isso conclamo toda a classe política a somar com esse projeto. O interior sempre ficou abandonado. Precisamos de um governador que olhe para nós, que tenha o interesse de que Mato Grosso desenvolva por inteiro”, afirmou.

Alcino Barcelos (PRB), prefeito de Pontes e Lacerda, lembrou o crescimento de Wellington Fagundes nas pesquisas de intenção de voto. “Nossa região disputa com o Araguaia o título de Vale dos Esquecidos, então, é importante a eleição do Wellington para tratar as pessoas como elas merecem, com respeito, carinho, dignidade e oportunidade”, avaliou.

Wellington também recebeu o apoio do prefeito de Salto do Céu, Wemerson Prata (PP) e do presidente da Câmara do município, Noé Monteiro de Bastos (PSD). “Ele defende os municípios, ampara as demandas dos prefeitos. É um importante parceiro da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM). Nesse momento, Mato Grosso precisa de um governador que olhe pelos municípios”, comentou Prata. 

E Wellington afirma ter a certeza de que estará no segundo turno das eleições, numa disputa contra o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes. “O segundo turno já está definido, sou o segundo colocado. Agora, temos que trabalhar, pois não tem eleição ganha antes da hora”, disse Fagundes.

“Daqui até o dia 7 de outubro vamos continuar na mesma humildade, visitando com muita intensidade os municípios. Estamos no caminho certo, trabalhando com muita intensidade, visitando todas as cidades. A ‘onda verde’ chegou em Cuiabá e esse é o momento onde teremos um crescimento muito grande na Capital, trabalhando nos bairros, acrescentou.

Destacando seu perfil municipalista, Wellington prometeu exercer uma gestão humanizada. “Serei um governador humano e próximo das pessoas para trazer desenvolvimento igualitário a todos”, disse.

E é exatamente dessa forma que promete governador, sempre em parceria com a sociedade, se comprometendo a estar sempre presente nos municípios, ouvindo os anseios da população. “Vamos fazer um governo que seja presente nas comunidades, junto à população, para que conjuntamente a gente tome as decisões mais acertadas. Acho que posso contribuir com minha experiência de mais de 20 anos como parlamentar”, disse o republicano.

Por fim, ele garantiu mais uma vez que fará um governo com compromisso com o futuro, sem olhar para trás. “Vamos olhar sim para trás, para ver os nossos erros, para seguir em frente. Mas acima de tudo, para construir esperanças”, frisou o candidato.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo