27 de Maio de 2019

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

Terça-feira, 12 de Março de 2019, 10h:24 - A | A

Construção de prédio para a Câmara de Vereadores de Várzea Grande (MT) deve custar R$ 3,5 milhões

image

Os vereadores de Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, já destinaram R$ 3,5 milhões do orçamento do município, deste ano, para a construção de um novo prédio, para a Câmara Municipal.

A Câmara de Vereadores de Várzea Grande está funcionando provisoriamente em um prédio alugado.

Segundo o presidente do legislativo, a sede está em condições precárias, as instalações elétricas e hidráulicas estão com problemas, algumas paredes estão com rachaduras ou perdendo reboco. Na entrada do prédio o forro cedeu. Quando chove algumas salas ficam alagadas.

“Não tem mais condições. O prédio tem quase 50 anos, foi construído para abrigar nove vereadores, hoje somos 21 vereadores. A população, naquela época, era de 30 mil habitantes. Hoje é em torno de 400 mil habitantes. Infelizmente o prédio não suporta mais reformas, é jogar o dinheiro público fora”, declarou Fábio Tardin (DEM), presidente da Câmara.

O aluguel do espaço custa R$ 15 mil por mês. Os vereadores pretendem ficar aqui até que a prefeitura construa uma nova sede para a câmara. Os vereadores fizeram emendas neste ano destinando R$ 3,5 milhões para essa obra.

Em nota, a Prefeitura de Várzea Grande defendeu a necessidade da construção de um novo prédio para Câmara de Vereadores.

De acordo com a prefeitura, o atual é muito antigo, e não tem mais condições de receber reformas, para resolver os problemas do telhado, elétricos e adaptações para atender os 21 vereadores.

A prefeitura informou que junto com os vereadores busca a melhor solução, a mais econômica e viável, para as novas instalações do legislativo municipal.

Imprimir

RÁDIO

Coletiva Santa Casa

Áudios da coletiva sobre a Santa Casa

image