Cidades

14/11/2017 09:47

Ex-governador de MS e filho são presos na 5ª fase da operação Lama Asfáltica

A Polícia Federal intimou duas testemunhas aleatórias para acompanhar a 5ª fase da Operação Lama Asfáltica, denominada ‘Papiros de Lama’, sendo uma delas o comerciante José Márcios Braz de Barros, 48 anos. Ele contou que o ex-governador do Estado, André Puccinelli (PMDB), está calmo e respondeu todas as perguntas feitas pelos agentes enquanto documentos eram recolhidos do apartamento do peemedebista, bem como em seu vizinho.

José foi abordado pela PF quando saía de seu trabalho, um restaurante de comida japonesa, próximo ao endereço do ex-gestor, na Euclides da Cunha. “Fiquei surpreso com a experiência, mas feliz de poder ajudar a Polícia Federal. O ex-governador em nenhum momento demonstrou nervosismo”, contou ao deixar o local.

A PF informou que cumpre dois mandados de prisão preventiva, dois de prisão temporária, seis de condução coercitiva, 24 de busca e apreensão, além do sequestro de valores nas contas bancárias de pessoas físicas e empresas investigadas, em suposto esquema que envolveria sonegação fiscal, ocultação de bens, enriquecimento ilícito.

De acordo com a assessoria de imprensa, os prejuízos causados aos cofres públicos pela organização criminosa ultrapassam R$ 235 milhões. Segundo investigações, o dinheiro da propina era mascarado em algumas operações simuladas, que garantiria aumento do patrimônio de políticos e empresários.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo