Cidades

11/10/2018 13:57 OLHAR DIRETO

Após morte de casal, governo decide implantar redutores de velocidade e estuda semáforos na 'Estrada de Chapada'

O Governo do Estado informou que irá implantar redutores de velocidade nos pontos que requerem mais atenção no perímetro urbano da Rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), para evitar acidentes. Além disto, também está sendo estudada a possibilidade de que semáforos sejam instalados. Vale lembrar que, na noite do último sábado (06), um casal morreu atropelado no trecho.

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) vai finalizar, em 60 dias, a instalação completa de postes com luminárias em LED. O primeiro dos 3,6 quilômetros já recebeu a iluminação especial.  A empresa responsável pelo serviço já fez o cabeamento subterrâneo e agora está na fase final de implantação dos postes de energia elétrica.


A melhoria será executada pela secretaria que também está fazendo estudos preliminares para instalar semáforos com acionamento por botoeiras, para pedestres. A obra de duplicação da rodovia está 99% pronta. Toda a sinalização transversal e vertical já foi concluída ao longo das três faixas de rolamento. A ampla ciclovia no canteiro central da duplicação já foi entregue à população.


“Essa é a primeira rodovia estadual com altíssimo padrão técnico de engenharia rodoviária em Mato Grosso. Para dar mais segurança, vamos reforçar meios para redução de velocidade dos motoristas, para evitar futuros acidente”, frisou o secretário da Sinfra, Marcelo Duarte.


Apesar da reivindicação da população por uma faixa de pedestre elevada, o engenheiro fiscal da obra e membro do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran-MT), Zenildo Pinto de Castro Filho, alega que o Código Brasileiro de Trânsito (CTB) não permite a implantação desse recurso em rodovia com mais de duas vias. “Implantaremos a solução adequada dentro do que é previsto na norma de trânsito”.


A duplicação da rodovia é uma das obras mais esperadas e reivindicadas por moradores e motoristas que trafegam pela região. Além de fazer a ligação da capital ao município turístico de Chapada, a rodovia conta ao longo de seu trecho urbano, com escolas, condomínios, estabelecimentos comerciais e vários bairros populosos além de ser porta de entrada para Cuiabá das pessoas que vem da região Sul de Mato Grosso.

O atropelamento ocorreu em frente ao Mercado Paulista, que fica às margens da rodovia. O condutor do veículo disse que não viu o casal, pois a rodovia estava escura. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local, mas apenas constatou o óbito do casal.
 
O motorista não fugiu do local do acidente. No entanto, testemunhas ainda tentaram linchá-lo e ainda xingavam os policiais que encaminharam o homem à Central de Flagrantes. Eles também gritavam por justiça no local do acidente.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo