Economia

18/04/2017 08:49

Sefaz e Acrismat discutem o preço de pauta do suíno em MT

A Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT) apresentará aos produtores de suínos a metodologia de cálculo aplicada na elaboração do preço da pauta, o levantamento do cenário econômico sem a aplicação do valor da pauta e o mapeamento da destinação da produção do setor. Os itens foram definidos nesta segunda-feira (17.04) pelo secretário Gustavo de Oliveira, durante reunião com representantes da Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat).

O levantamento será apresentado em uma nova reunião a ser realizada nos próximos quinze dias entre a pasta e a entidade, que solicitou a extinção do preço de pauta para operações interestaduais e que serve como base para a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

O secretário afirmou que as considerações realizadas pelo setor são importantes, mas é necessário analisar o cenário como um todo e fazer um estudo econômico para que a atividade se mantenha competitiva. “Muito mais que extinguir o preço de pauta, é preciso olhar para o setor como um todo, avaliar as fragilidades, o potencial do setor e definir as estratégias para o desenvolvimento da suinocultura em Mato Grosso. Esse é um trabalho que faremos a quatro mãos com a Associação e a equipe econômica do Governo”.

O encontro contou com a participação de produtores do estado, do diretor presidente do diretor executivo da Acrismat, Raulino Teixeira e Custódio Rodrigues, e do secretário adjunto de Receita Pública, Último Almeida.

Durante a reunião o diretor presidente da Acrismat, Raulino Teixeira, ressaltou a importância da suinocultura para a economia mato-grossense e a necessidade da revisão do preço de pauta para o setor. “A suinocultura é uma atividade permanente, e nos últimos anos tem enfrentado períodos de crise, por isso estamos buscando auxilio junto ao Executivo”, pontuou Teixeira.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo