Economia

19/04/2017 08:08

Comerciantes vendiam produtos Nike e Adidas falsificados

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta terça-feira (18) uma operação para combater a venda de produtos piratas no Shopping Popular de Várzea Grande.

Denominada "Falsus", a ação foi deflagrada pela Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon), com apoio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO).

 

Investigações apontaram a reiterada comercialização de itens como bonés, calças moletons, camisas e shortes das marcas Adidas e Nike, com características de falsificação.

 

Vários boxes do estabelecimento, localizado na Avenida Couto Magalhães, foram monitorados. Quatro deles foram alvo de mandado de busca e apreensão. Nos locais foram apreendidos dezenas de mercadorias de marcas falsificadas. 

 

Quatro pessoas foram conduzidas para interrogatório com suspeita de crime contra registro de marca. A lei pune quem importa, exporta, vende, oferece ou expõe à venda, oculta ou tem em estoque produto assinalado com marca ilicitamente reproduzida ou imitada de terceiros. Eles também vão responder por “vender ou expor à venda mercadoria cuja embalagem, tipo, especificação, peso ou composição esteja em desacordo com as prescrições legais, ou que não corresponda à respectiva classificação oficial”.

 

Foram apreendidas 62 réplicas de camisas Nike, 86 camisetas Adidas, 32 bonés Adidas e 13 Nike, 17 bermudas diversas cores, réplicas da Nike, 67 shorts falsificados  da Adidas e quatro calças moletom falsificadas da Adidas, totalizando mais de 280 peças de marcas falsificadas. 

 

A ação mobilizou policiais civis da Decon e GCCO, coordenados pelo delegado Antônio Carlos de Araújo, que presidirá as investigações sobre os quatro inquéritos policiais referentes a operação Falsus.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo