Economia

19/05/2017 10:01

Taques teme aumento da crise econômica

O governador Pedro Taques (PSDB) que está nos Estados Unidos em busca de novos investidores, está acompanhando com uma certa preocupação a crise política que atingiu em cheio o presidente da República Michel Temer (PMDB). Taques acredita que a delação do empresário Joesley Batista, dono da JBS e autor das gravações que comprometem Temer, poderá aprofundar a crise econômica no Brasil. 

“O Brasil vive um momento extremamente crítico na política e essa repercussão das denúncias contra o presidente Michel Temer de fato pode ser prejudicial para a economia do país”, disse o governador. 

No entanto, o chefe do Executivo Mato-grossense prefere aguardar a divulgação completa da delação e só se posicionará sobre o caso, assim como a situação do seu correligionário Aécio Neves, que foi afastado da presidência do PSDB e teve o seu mandato suspenso pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ontem (18). 

"Quero ouvi-los antes, saber o que eles têm a dizer. Nunca tomei uma decisão sem ouvir o outro lado", disse por telefone. 

Em caso da denúncia gerar uma queda de Temer, por impeachment ou renúncia, Taques diz apenas que espera que a Constituição seja cumprida. 


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo