Economia

03/10/2017 16:16 G1

Servidores da Eletronorte e de outros órgãos param em Cuiabá em protesto contra privatização

Servidores das Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A. (Eletronorte) e de outros órgãos federais, além de bancários e membros de entidades sindicais, fizeram um protesto nesta terça-feira (3), em frente à Eletronorte, na Estrada do Moinho, em Cuiabá, contra a privatização do serviço público. O ato faz parte do 'Dia de Luta Pela Soberania Nacional', que mobilizou protestos em vários estados.

De acordo com o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT) em Mato Grosso, João Dourado, além dos servidores públicos, participaram do ato integrantes da CUT e do movimento Frente Brasil Popular. "A manifestação é em defesa da soberania nacional, da Petrobras, da Eletrobrás e dos bancos públicos", declarou.

A estimativa é de que 400 pessoas tenham participado do protesto, que foi realizado nesta data em alusão ao aniversário de 64 anos da Petrobras.

 
pacote de privatizações (Foto: Arte/G1)pacote de privatizações (Foto: Arte/G1)

 

 

 

Os protestos foram impulsionados, principalmente, contra o pacote de privatização anunciado pelo presidente Michel Temer, em agosto. A lista 57 bens estatais, entre rodovias, aeroportos, terminais de carga, loteria, usinas hidrelétricas e até mesmo a Casa da Moeda.

Entre os 18 aeroportos que devem passar para a iniciativa privada, cinco são em Mato Grosso. A previsão do governo federal é realizar o leilão dos seguintes aeroportos de Várzea Grande, Rondonópolis, de Sinop, de Alta Floresta, de Barra do Garças, no terceiro trimestre do ano.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo