Economia

01/03/2018 10:14 G1

MT tem a menor renda domiciliar per capita do Centro-Oeste

A renda domiciliar per capita dos mato-grossenses foi a menor da região Centro-Oeste no ano passado, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (28).

O valor, segundo o IBGE, é calculado com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua).

De acordo com o levantamento, o rendimento domiciliar no estado ficou em R$ 1.247 no ano passado.

O valor é menor que o rendimento médio nos outros estados da região. A maior renda foi registrada em Brasília, com R$ 2.548. Em seguida aparecem Mato Grosso do Sul (R$ 1.291) e Goiás (R$ 1.277).

O rendimento domiciliar no estado ainda é menor que a médica brasileira, que em 2017 ficou em R$1.268. O estado do Maranhão teve a menor renda per capita no ano passado com R$ 597.

De acordo com o IBGE, o rendimento domiciliar per capita é o resultado da soma dos rendimentos recebidos por cada morador, dividido pelo total de moradores do domicílio.

Essas estimativas servem como base para o rateio do Fundo de Participação dos Estados (FPE), conforme definido pela Lei Complementar nº 143, de julho de 2013.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo