Economia

06/06/2018 15:29

Frio não atrai consumidores cuiabanos para as compras

Queda na temperatura em Cuiabá não foi suficiente para aquecer as vendas do comércio nesta segunda-feira (4), como ocorre todos os anos quando a frente fria chega. Nem bem a temperatura caiu e as lojas já abasteceram as vitrines com agasalhos. Mas, o consumidor parece ter ficado em casa afugentado pelo frio. Com a fraca demanda, a expectativa fica para os próximos dias, já que o clima mais ameno deve perdurar até a sexta-feira (8).

“Antes, quando fazia frio em Cuiabá, pelo menos até o ano passado, o pessoal já vinha a procura dos looks de inverno. Este ano está diferente. De cada 10 peças que vendi hoje, duas foram de frio. E o nosso frio dura poucos dias. Quem compra é porque vai viajar para fora, onde a temperatura é menor. O cuiabano, as vezes, nem sai de casa”, lamenta Victoria Abreu, proprietária de uma loja no centro.

“Fizemos o investimento (em estoque) e por enquanto estamos na expectativa de vender o que já investimos”.

Izabela Padilha, gerente de outra loja, comenta que as vendas também estão fracas, como no mês anterior.

“Acho que o pessoal está meio que reciclando a roupa do ano passado. E temos vários looks de frio, investimos bastante, mas não está tao movimentado como o ano passado. As pessoas estão economizando mais e o salário ainda não saiu, quem sabe pode melhorar se o frio prolongar”.

Thainna Souza, vendedora de outra loja, comenta que os clientes tem o hábito de deixar a compra de agasalho para a última hora. “Está pequena a procura, mas como o frio vai se estender pelo restante da semana, o movimento deve aumentar. Teve um frio de poucos dias do mês passado que teve uma boa venda. E o pessoal procurou ainda mais depois que o frio passou”.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo