Esporte

22/04/2017 16:21

Organizada do Palmeiras entrega carta com mensagens de apoio ao time

Os jogadores do Palmeiras receberam em mãos nesta sexta-feira uma carta da Mancha Alviverde, principal organizada do clube, com mensagens individuais de incentivo para que o time consiga reverter o confronto contra a Ponte Preta, pela semifinal do Campeonato Paulista. O recado foi entregue pessoalmente ao elenco durante uma mobilização de apoio à equipe.

O conteúdo do material cita nominalmente vários jogadores, mais o técnico Eduardo Baptista. Como perdeu por 3 a 0 no jogo de ida, em Campinas. O Palmeiras precisa devolver o placar para levar a decisão aos pênaltis ou aplicar uma vitória ainda maior para confirmar a classificação à final. A partida neste sábado começa às 19h, no Allianz Parque, e já foram vendidos 36 mil ingressos.

Confira trechos da carta:

Jogadores:
Não estamos aqui para incentiva-los, pois essa é a nossa função e obrigação como Torcida Organizada. Estamos aqui para emocioná-los, estamos aqui para mostrar o amor que temos pela maior sociedade do mundo, a Sociedade Esportiva Palmeiras

Esse amor que envolve crianças, homens e mulheres é representando por 11 homens, dentro das quatro linhas, durante 90 minutos. Esse privilégio, essa dádiva de Deus, foi concedido para vocês, afinal, quem nunca sonhou em ser um jogador de futebol? Esse sonho, o sonho de todo brasileiro, é a realidade para cada um de vocês aqui.

Fernando Prass:
Você teve a missão de substituir um ídolo, e após um tempo, um ídolo você se tornou. Algo raro e conquistado com muito trabalho e dificuldades. Nada foi maior que o esforço e o amor à camisa, nem as lesões, nem a idade, nada!

Jailson:
Que grande surpresa! "Um tal de Jailson"
Até então um goleiro desconhecido, com a contratação contestada, que entrou em um momento delicado, mas com apoio e inspiração de Prass se estabeleceu como melhor goleiro do Nacional de 2016. E mais do que isso, mostrou espirito de grupo e humildade ao permanecer no elenco de 2017."

Jean:
Campeão de tudo, consagrado, experiente e cobiçado por muitos times de dentro e fora do Brasil. Optou pelo Palmeiras e já se tornou campeão. Quando Jean não pode estar em campo, o antes criticado Fabiano, mostra que tem o brilho e a estrela de um campeão, com gols importantes e partidas seguras, fazendo jus ao ditado que diz que os humilhados um dia serão exaltados!

Egídio:
Lateral quatro vezes campeão nacional, com cruzamentos precisos e passes milimétricos. Se entrar em campo amanhã, olhe para nós, "os de branco", porque lá estaremos cantando e vibrando 90 minutos para lhe empurrar para mais uma grande atuação.

Yerry Mina:
Muita velocidade, impulsão, personalidade, jogador acima da média! Dá a impressão que nasceu para jogar no Palmeiras! Um verdadeiro xerife com a cara da Libertadores, a cara do titulo que é nossa obsessão. Um zagueiro de nível mundial, para ficar na história do clube ao lado de ídolos como Luís Pereira.

Edu Dracena:
Contratado de nosso maior rival, muitos disseram que o seu futebol estava em decadência. Teve que trabalhar muito para ganhar a titularidade e nesse ano dá gosto de ver seu comando na zaga. Um multicampeão de carreira consagrada e com passagens pela seleção, que hoje, mostra folego de garoto e esforço de palmeirense.

Para completar nosso trio de zagueiros, o artilheiro Vitor Hugo!

Carismático, rápido, em franco desenvolvimento, um zagueiro fantástico que sempre honrou nossa camisa e nunca negou esforço.

Temos ainda as promessa de futuro Antonio Carlos e Thiago Martins, e com isso ficamos tranquilos sabendo que nosso elenco tem uma “defesa que ninguém passa.

Zé Roberto:
Você não escorregou contra a ponte, Zé. Você escorregou contra o Cruzeiro, na jogada que simboliza a conquista do titulo nacional que desejamos por 22 anos! E tem mais, quantos rivais não fizeram chacota de seu discurso homérico na chegada ao Palmeiras? Tiveram que amargamente engolir suas palavras, pois esse elenco fez jus ao que foi dito e fez o Palmeiras gigante de novo. Bola para frente, cabeça erguida, sábado você será fundamental!

Felipe Melo:
Atitude e personalidade, é o cara que morde e que briga, mas que ao mesmo tempo é companheiro e amigo de todos os atletas. Já jogou uma Copa do Mundo, fez sua carreira na Europa em times tradicionais. Voltou para o Brasil e optou pelo Palmeiras. Repetindo, optou pelo Palmeiras. Enquanto os maldosos da imprensa o taxavam de violento e encrenqueiro, que iria prejudicar o time com expulsões, trabalhou e deixou que o tempo mostrasse que eles estavam errados. Pit Bull: você tem tudo para entrar na galeria de ídolos e ser eternizado, respeitado e amado por milhões.

Thiago Santos:
Um grande volante! Voluntarioso, dedicado, sem bola perdida, do jeito que a torcida gosta. Para ser ídolo não precisa ser craque, precisa ser sujeito homem. Força, Thiago Santos.

Guerra:
O melhor jogador da Libertadores de 2016, meia clássico como há muito não se via no cenário brasileiro. Chegou em outro país, com outra cultura e com a pressão de ser o melhor. A sua falha no clássico não abalou sua confiança. Já ganhou o nosso respeito, sabe e joga muita bola. Tem visão de jogo e inteligência. Nunca esqueça, a esperança é verde, e a nossa esperança é Guerra!

Tchê Tchê:
Sua origem humilde reflete 90% dos membros de nossa entidade, meninos com sonhos, com garra e vontade de vencer na vida. Joga com facilidade, disposição e habilidade, parece estar jogando na várzea com os amigos. A vontade que demonstra em campo é nítida e possível de ser sentida da arquibancada. Você é o pulmão do time, você dá força para o nosso pulmão na arquibancada. Você é um espelho para a nossa molecada.

Michel Bastos:
Esquecido em seu antigo clube, jogador desacreditado e taxado como problemático. Grande contratação do Palmeiras, pois todos sabíamos do seu talento, capacidade e experiência. No primeiro jogo pelo clube, entrou em campo, chamou a torcida, colocou fogo na partida. Sua qualidade técnica e versatilidade são ímpares. Não se preocupe com o que passou, agora você fará uma grande história em um time de homens, um time com brio, exatamente como é o seu perfil.

Willian:
O famoso "Bigode". Atacante com estrela, com sorte de artilheiro, com ímpeto, com faro de gols. Atacante que vai para cima da zaga adversária com vontade de atropelar. Conquistou seu espaço e vem conquistando a torcida. A sua mensagem nas redes Ssciais após a ultima partida é o que esperamos, é algo que nos orgulha. Não gostamos e não queremos perder, e sua mensagem de insatisfação mostra que a sua sintonia e do elenco é a mesma que a nossa! Vitória!

Borja:
Após a longa negociação e uma mudança de vida complexa, criamos muita expectativa no seu futebol, assim como temos calma e paciência para que ele se desenvolva. No sábado seus gols começarão a escrever a sua página na história do Palmeiras e no coração de mais de 18 milhões de torcedores.

Dudu:
O pequeno/grande Guerreiro! Habilidoso, nosso capitão! O cara do chapéu. Vários adjetivos para um grande jogador. Comparado ao ídolo Edmundo. Você é jovem, já conquistou respeito e já fez historia no Palmeiras, com gols decisivos e dois títulos nacionais. Dudu: saiba que você é motivo de orgulho da nossa torcida.

Róger Guedes:
O visionário. Comemora antes os gols, e na arquibancada alguns fazem isto, típica atitude de torcedor, de querer vencer. Você tem bola e um futuro brilhante. O Palmeiras de hoje é forte porque tem jogadores de alto nível como você.

Keno:
Chegou calado e nos calou, nos calou na bola. Excelente jogador taticamente e também na sua habilidade. A oportunidade em um time grande pode ter demorado, mas chegou em um gigante! Agarre com todas as forças.

Alecsandro:
O Alecgol! Um dos jogadores mais campeões do elenco, experiência e bagagem necessárias em qualquer campanha vencedora. Exemplo de profissionalismo e comportamento, um atleta que sabemos que vai contribuir sempre que necessário!

Rafael Marques:
Rafael "dos clássicos" Marques. Você tem estrela, tem liderança no grupo, tem postura e papel de campeão. Quem conhece dos bastidores sabe o quanto você é essencial para essa rapaziada. E somos gratos ao carrasco dos gambás, somos gratos por manter a humildade e união do grupo.

Vitinho:
Jovem promessa alviverde, desejado por gigantes europeus, e com grande potencial. O jogador por vir nos próximos anos.

Raphael Veiga:
A forma de jogar nos faz lembrar um tal Alex, vindo do mesmo clube, que aqui fez uma grande trajetória. Siga com o trabalho, honre essa camisa, que o resultado será de vitórias e conquistas. Confiamos em você!

Érik:
A importância de um atleta esta na sua disposição de ajudar o time e aos seus companheiros, e pela vontade que se tem de representar a torcida pela qual se esta jogando. Corra como Euller, o filho do vento, e nos traga a vitória hoje e sempre.

Eduardo Baptista:
O Palmeiras não caiu na sua vida por um acaso. Pressão e cobrança são coisas com as quais você cresceu acostumado. Cada nome que foi citado nessa carta, são homens com os quais você trabalha e comanda no dia a dia.

Nunca se esqueça: um time sem comando é como um carro sem direção.
Assumir o atual campeão brasileiro, apos a saída de um técnico que foi campeão e era querido pela torcida, não é tarefa para covardes, e sim para grandes e corajosos. Esqueça a cobrança da sensacionalista imprensa, que sempre faz de tudo para tumultuar o ambiente do clube, e mostre sua capacidade e dê sua resposta levantando títulos e colecionando histórias.
 


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo