Esporte

02/08/2017 10:47 R7

Felipe Melo treina separado e Palmeiras já estuda propostas

Um dia depois da divulgação de um áudio em que detona o técnico Cuca, Felipe Melo não apareceu no treino da manhã da última terça-feira (1º), na Academia de Futebol. Irritado com a situação, o diretor de futebol Alexandre Mattos informou que o volante treinará no período da tarde, separado dos demais jogadores, enquanto seu futuro é decidido. Um pronunciamento oficial do atleta ainda é aguardado.

Diante da crise instaurada, Mattos tomou o microfone assim que o treino foi liberado para a imprensa e reconheceu que o time ainda estuda as melhores propostas para o atleta. O dirigente, no entanto, já adiantou que a saída — sobretudo para um rival brasileiro — não será fácil como se poderia imaginar.

"Precisamos ter a ordem, o respeito, um ambiente bom e, só aí, temos possbilidade de vitórias", disse Mattos. "A gente tentou administrar essa coisa da forma mais branda possível. A partir do momento da noite de ontem, em que o próprio Felipe já disse, que não estava dentro da sua normalidade como pessoa, precisamos tomar uma atitude."

Segundo Cuca, o estilo de jogo de Felipe Melo não se encaixa no padrão desejado pelo técnico. Nos bastidores, o que se sabe é que os dois tiveram um sério desentendimento depois da eliminação diante do Cruzeiro, no Mineirão, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Já na metade da entrevista coletiva, Mattos ainda tentou colocar panos quentes na situação e disse ser agradecido por tudo que Felipe Melo fez pelo Palmeiras. O dirigente apenas lamentou o fato das críticas exageradas e o desrepeito ao técnico Cuca, ainda que o jogador tenha reconhecido que lhe faltava sobriedade no momento em que o áudio foi vazado.

"Precisamos ter a ordem, o respeito, um ambiente bom e, só aí, temos possbilidade de vitórias", disse Mattos. "A gente tentou administrar essa coisa da forma mais branda possível. A partir do momento da noite de ontem, em que o próprio Felipe já disse, que não estava dentro da sua normalidade como pessoa, precisamos tomar uma atitude."

Esse foi só mais um episódio polêmico envolvendo o jogador. A crise teria começado ainda com uma briga de Felipe Melo com o preparador físico Omar Feitosa sobre o placar de uma atividade recreativa no centro de treinamento.

No áudio, o jogador que chegou ao Verdão no início da temporada, ainda sob o comando de Eduardo Baptista, se mostrou revoltado com determinadas atitudes que descrevem o comportamento de Cuca. Ainda que sem citar nomes, disse que “esse cara foi covarde, mau-caráter e mentiroso”.

Mais do que isso, o próprio jogador também indicou que outros clubes brasileiros estão interessados em seu futebol: Corinthians, Internacional, São Paulo, Grêmio, Atlético-MG e Flamengo são interessados, segundo o próprio atleta. O Flamengo, time das categorias de base do jogador, disse que não tem interesse na contratação. Pelo menos dois times turcos também teriam demonstrado interesse.

De novo sem Felipe Melo, o Palmeiras volta a campo nesta quarta-feira. O time enfrenta o Botafogo no Nilton Santos, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo