Esporte

02/12/2017 11:26 Gazeta Digital

Rafaela Silva cai na estreia e Brasil fecha 1º dia do Grand Prix sem medalha

O Brasil decepcionou e fechou o primeiro dia do Grand Prix de Judô, em Tóquio, sem medalhas. Campeã olímpica no Rio em 2016, Rafaela Silva era a principal esperança de pódio para o País, mas caiu logo na estreia e se juntou à lista de brasileiros que ficaram fora do pódio neste sábado.

O Brasil levou para Tóquio um time renovado, tendo Rafaela Silva como seu maior nome. Quarta colocada no ranking mundial da categoria até 57kg, ela encarou na estreia a mongol Enkhriilen Lkhagvatogoo, apenas 23ª, e acabou surpreendida ao sofrer um ippon que a tirou da briga por medalha.

Outra medalhista olímpica que lutou neste sábado, e caiu logo na estreia, foi Ketleyn Quadros. Bronze em Pequim, em 2008, a brasileira subiu ao tatame na categoria até 63kg e também perdeu para uma mongol. A 18ª colocada do ranking sofreu um wazari decisivo de Mungunchimeg Baldorj, oitava da lista.

Ainda entre as mulheres, Jessica Pereira perdeu na segunda luta da categoria até 52kg para a japonesa Uta Abe, após passar na estreia pela mexicana Luz Olvera. Entre as judocas com até 48kg, Stefannie Arissa Koyama caiu na estreia para a francesa Melanie Clement, enquanto Gabriela Chibana eliminou a portuguesa Joana Diogo, mas foi derrotada na sequência pela mongol Urantsetseg Munkhbat.

Primo de Gabriela, Charles Chibana também não teve motivos para comemorar neste sábado, ao cair em sua segunda luta na categoria até 66kg para o japonês Joshiro Maruyama, após bater o filipino Shugen Nakano na estreia. Já Marcelo Contini (-73kg) perdeu logo de cara para o sudanês Amro Mohamed Elamin.

Veio da categoria até 60kg, então, o melhor resultado brasileiro. Se Erik Takabatake caiu na estreia para o sul-coreano In Hyuk Choi, Phelipe Pelim conseguiu a sétima colocação. Ele superou o chinês Yi Shang e o checo David Pulkrabek, mas perdeu para o japonês Naohisa Takato. Na repescagem, deixou a briga pela medalha ao se derrotado por outro japonês, Toru Shishime.

No segundo e último dia de disputas, neste domingo, o Brasil será representado por outros cinco judocas. São eles: Eduardo Yudi (-81kg), Victor Penalber (-81kg), Eduardo Bettoni (-90kg), David Moura (+100kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg). 


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo