Esporte

06/03/2018 08:08 TERRA

Fla espera mandar jogos da fase de grupos da Libertadores no Maracanã

Com o Maracanã fechado para eventos musicais nas últimas semanas, o Flamengo adotou o Estádio Nilton Santos como casa na estreia da Copa Libertadores - empate em 2 a 2 com o River Plate (ARG). A expectativa no Rubro-Negro é mandar os próximos jogo no Maracanã. Quem garantiu a intenção foi o presidente Eduardo Bandeira de Mello, ao canal "Sportv".

- Temos. Foi o estádio que indicamos à Conmebol como a casa do Flamengo. Infelizmente, aconteceu isso e tivemos que buscar alternativa para o primeiro jogo. Para os jogos seguintes, imagino sim que o Flamengo tenha o Maracanã.

No Grupo 4 da Libertadores, o Flamengo ainda fará duas partidas no Rio de Janeiro. Em 18 de abril, recebe o Santa Fe (COL) pela terceira rodada. Neste jogo, o clube cumprirá a segunda partida da punição com portões fechados.

No dia 16 de maio, enfrenta o Emelec (EQU) e contará com a torcida no estádio.

Recentemente, lideranças como o meia Diego, o zagueiro Réver e o goleiro Diego Alves, assim como o técnico Carpegiani, ressaltaram o fato de o Flamengo estar atuando "sempre fora de casa". As declarações repercutiram bastante e reacenderam a discussão do estádio próprio no clube da Gávea.

Eduardo Bandeira de Mello reforçou que o assunto segue em pauta. Além disso, o presidente comentou a situação da Ilha do Urubu - em janeiro, as chuvas que atingiram o Rio causaram a queda de dois refletores no estádio.

- É uma preocupação nossa e sempre foi assim. Tanto que o Flamengo fez um investimento para erguer a Ilha do Urubu. Infelizmente, tivemos a situação causada pelas chuvas e agora temos que ter muita responsabilidade para só voltar a jogar lá quando não houver nenhum tipo de risco aos torcedores.

Confira outras respostas do presidente Eduardo Bandeira de Mello:

Situação dos estádios no Rio de Janeiro 

O Rio de Janeiro tem o Maracanã. O templo do futebol. Não deveríamos estar preocupados com isso. O Flamengo tem uma preocupação permanente de ter seu próprio estádio. Seja um estádio pequeno para revezar com o Maracanã ou, na impossibilidade de contar com o Maracanã, de ter uma solução definitiva. Temos a opção de compra de um terreno na Avenida Brasil, estamos negociando os últimos detalhes, mas se não for lá, com certeza o Flamengo vai partir para a construção de um estádio próprio. Seja um pequeno na Gávea, para o caso do Flamengo ter o Maracanã e administrar da melhor maneira possível, ou ter um estádio definitivo, para 50, 60 mil pessoas do jeito que a torcida do Flamengo merece. É um investimento de longo prazo e de longa maturação. Enquanto isso vamos administrar a situação da melhor maneira possível.

Previsão para voltar à Ilha do Urubu 

Estamos trabalhando nisso, mas temos que ter segurança total. Não podemos colocar em risco os torcedores. Enquanto isso, estamos buscando soluções. Fizemos esse acordo pontual com o Botafogo. Acredito que seja a melhor solução no momento. E é claro que sempre estamos aguardando o Maracanã. Até acabarem as festas juninas, baile de carnaval e shows de música sertaneja.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo