Geral

11/07/2018 17:50 OLHAR DIRETO

GCCO encontra nome de João Arcanjo e esposa em apreensão de jogo do bicho

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) encontrou anotações com o nome de João Arcanjo Ribeiro, durante uma apreensão de 50 máquinas utilizadas para registrar apostas do jogo do bicho, na tarde da última terça-feira (10), em Cuiabá. Na ação, quatro pessoas foram presas e encaminhadas para a delegacia.
 
O delegado Luiz Henrique Damasceno, que responde interinamente pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), confirmou ao Olhar Direto que as anotações foram encontradas. Porém, limitou-se a dizer que “existe uma citação, um nome solto. Nada de concreto ainda. Estamos investigando”.
 
No papel, havia o nome de João Arcanjo Ribeiro, que foi considerado nos anos 80 e 90 o chefe do jogo do bicho em Mato Grosso. Além disto, também estava escrito o nome de sua esposa.
 
As apreensões aconteceram em três pontos da capital. Na ocasião, quatro pessoas foram conduzidas para assinar um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) de contravenção penal.
 
As diligências se iniciaram após o GCCO receber uma denúncia de clonagem de cartões de crédito. Ao averiguar a denúncia, os investigadores descobriram três lugares em regiões diferentes da capital, que se tratavam de locais usados para jogo do bicho.
 
No total, foram apreendidas 50 máquinas usadas nas apostas do jogo de azar, vários materiais de anotações, além de uma quantia em dinheiro não informada pela PJC.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo