Geral

10/08/2018 16:26 Folha Max

PM estoura "boca de fumo" e acha contabilidade do tráfico em VG

Policiais do 25º Batalhão localizaram mais de 600 gramas de drogas e caderno com a movimentação do tráfico. O material estava com Fabrício Reis Gomes da Cruz, 23 anos, e Thayná de Amorim Silva, 21, no bairro Santa Clara, em Várzea Grande. 

Eles seriam namorados e suspeitos de comercializarem e abastecerem pontos de distribuição de entorpecentes em diversos bairros da cidade, sob comando de organizações criminosas. Fabrício foi preso na quarta-feira (8), por volta das 19h, saindo de casa em uma motocicleta Sundown, com 100 gramas de pasta base de cocaína, que comercializaria na região. 

Na residência, situada próximo a um matagal, foi localizada uma sacola com mais 8 porções grandes de pasta base de cocaína, 90 gramas análoga a ácido bórico,  quatro porções de maconha, uma balança de precisão, dois cartuchos de espingarda calibre 28, prato, uma colher e tesoura usados para o manuseio do entorpecente. 

Também duas chaves de moto, sendo uma “micha” e três cadernos com a contabilidade do tráfico, e diversos papéis contendo endereços de supostos envolvidos e locais de comercialização de drogas nos bairros Ikaraí, Água Limpa e Santa Maria. 

Objetos sem comprovação de origem foram apreendidos no local, como TV e notebook com carregador, além da motocicleta que possui documentos atrasados desde o ano de 2006.

A garota, ao ver o namorado sendo preso, fugiu e não foi localizada. Ela já foi presa em 2012 por tráfico de drogas. Já Fabrício não possuía passagens criminais.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo