icon facebook icon twitter icon instagram

19 de Março de 2019

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

Quarta-feira, 13 de Março de 2019, 15h:52 - A | A

TJMG manda envolvidos em desastre da Vale voltarem para a prisão

image

A 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) decidiu nesta quarta-feira (13) que os 13 envolvidos no desastre da Vale em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, que haviam sido presos e liberados sejam presos novamente. No julgamento do mérito de 12 habeas corpus, um deles duplo, os desembargadores indeferiram os pedidos para revogação da prisão temporária.

O primeiro grupo, com três funcionários da Vale e dois da TUV Sud – empresa que atestou a segurança da barragem – foi preso dia 27 de janeiro e liberado no dia 05 de fevereiro. O segundo grupo, de oito funcionários da Vale, foi preso em 15 de fevereiro e solto no dia 27 do mesmo mês. Todas as solturas ocorreram por decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

No julgamento, as defesas argumentaram que os investigados estão colaborando com a força-tarefa, que investiga o rompimento – ocorrido em 25 de janeiro –, disseram ainda que os investigados estão à disposição da Justiça e que não há fundamentação para as prisões, que elas são desnecessárias e ilegais.

Já os desembargadores, que foram unânimes na decisão, argumentaram que houve elevada gravidade no delito, que as prisões são necessárias para o andamento do inquérito, a busca de esclarecimentos, a reunião de provas e visam assegurar resultados práticos para trabalho da força-tarefa.

 

Saiba quem são os 13 envolvidos

  1. Alexandre de Paula Campanha
  2. André Yum Yassuda
  3. Artur Bastos Ribeiro
  4. Cristina Heloiza da Silva Malheiros
  5. Felipe Figueiredo Rocha
  6. Cesar Augusto Paulino Grandchamp
  7. Makoto Manba
  8. Hélio Márcio Lopes de Cerqueira
  9. Joaquim Pedro de Toledo
  10. Marilene Christina Oliveira Lopes de Assis Araújo
  11. Renzo Albieri Guimarães Carvalho
  12. Ricardo de Oliveira
  13. Rodrigo Artur Gomes Melo
Imprimir
Comentários












Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




image