Policia

15/05/2018 11:27 OLHAR DIRETO

Após 18 dias, policial ferido em colisão de viatura em muro segue em estado grave

O soldado da Polícia Militar José de Almeida Amorim, que ficou ferido após a colisão de uma viatura na parede de uma escola no Bairro Lixeira em Cuiabá, segue internado em estado grave. O acidente ocorreu no último dia 27 de abril, quando o soldado e outro PM perseguiam ladrões.
 
Amorim, de 23 anos, está internado há duas semanas, desde que a viatura que ele conduzia durante perseguição aos suspeitos de assalto chocou-se no muro de uma escola no bairro Lixeira, em Cuiabá. Ele sofreu lesões na cabeça e fraturas no fêmur e ombro.


De acordo com o irmão de Amorim, Rodrigo, o estado de saúde dele ainda é grave, porém a cada dia vem apresentando pequenas melhoras, o que faz a família acreditar em sua plena recuperação. Além de passar a respirar espontaneamente, Amorim está respondendo com aperto de mão de quem o toca ou lhe faz alguma pergunta.


O caso
Segundo informações do boletim de ocorrências, por volta das 20h20 uma equipe da PM foi acionada para atender uma ocorrência de que havia um roubo em andamento em uma residência no Bosque da Saúde. Ao chegar ao local os policiais conversaram com testemunhas, que disseram ter visto dois homens saindo com mochilas nas costas em um carro branco.
 
Os policiais então começaram as buscas, mas na região do Bairro Lixeira vieram a se acidentar. No boletim o militar relata que ao passar por um quebra-molas tentaram desviar de um motociclista e vieram a se chocar contra a parede de uma escola. Amorim ficou inconsciente e o outro policial disse ter sentido dores no pescoço.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo