Policia

09/11/2018 10:00 G1

Justiça condena homem que matou mulher a facadas na frente das filhas a 23 anos de prisão em MT

Em júri realizado na manhã desta quinta-feira (8), na 1ª Vara Criminal de Cuiabá, a Justiça decidiu condenar Abel Cassimiro da Silva, de 33 anos, a 23 anos de prisão em regime fechado. Ele foi condenado por matar a mulher dele, Ana Paula Assunção, de 28 anos, com seis golpes de faca, na frente das três filhas pequenas, em outubro do ano passado.

Na decisão, a juíza Monica Catarina Perri Siqueira acatou a denúncia do Ministério Público Estadual que pediu a condenação do réu por feminicídio.

De acordo com a denúncia do MPE, Ana Paula teria descoberto uma suposta traição do marido, ao visualizar mensagens no aplicativo de conversas do celular dele.

Ainda segundo o MPE, as sobrinhas de Abel, que moravam próximo à residência do casal testemunharam o crime.

Elas teriam ouvido a discussão entre os dois e teriam ido até à residência deles para verificar o que estava acontecendo. Ao verem Ana Paula sendo ameaçada com a faca, pediram para que ela corresse.

No entanto, segundo o relato das testemunhas, antes que a vítima conseguisse sair da casa, foi atingida por uma facada nas costas.

Ainda ferida, Ana Paula tentou correr até a casa da vizinha, mas foi perseguida pelo marido que, segundo o processo, a golpeou novamente no tórax.

Posteriormente, ele teria arrastado a mulher até a rua, onde a esfaqueou mais quatro vezes.

A denúncia diz ainda que Abel só parou de esfaquear a vítima quando a lâmina da faca quebrou.

O acusado teria abandonado o corpo na rua e fugido. Porém, segundo as investigações, Abel se apresentou na delegacia, dias depois, por orientação de um advogado.

O casal estava casado há sete anos e tinha três filhas.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo