Política

19/05/2017 09:46 hipernoticias

Senador José Medeiros defende eleições diretas com restrição a investigados

Diante da instabilidade das incertezas nas esferas política e econômica brasileiras, o senador José Medeiros (PSD) tem defendido, em Brasília, uma mudança na Constituição Federal para que sejam realizadas novas eleições.

 

O parlamentar ainda ressalta que o novo processo eleitoral deve ser com votação direta e precisa excluir candidatos que estejam sendo investigados, nem que seja somente para o cargo de presidente da República.

 

Medeiros reconhece que a ideia vai contra o princípio da presunção da inocência, mas avalia que é necessário fazer uma exceção neste momento de crise.

 

A postura ocorre após o vazamento da delação da JBS, que trouxe gravações do presidente Michel Temer (PMDB) autorizando a compra de silêncio do ex-deputado federal Eduardo Cunha, que está preso por conta da Operação Lava Jato.

 

O fato veio à tona no início da noite de quarta-feira (17) em uma reportagem do site do jornal O Globo. O dono da JBS, Joesley Batista, gravou a conversa com Temer. 

 

Na quinta-feira (18), com a crise já instaurada e a bolsa de valores sentindo os efeitos, Temer disse que não irá renunciar ao cargo. Pelo mesno três pedidos de impeachmente já foram feitos contra o peemedebista.

 


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo