Política

13/03/2018 09:36 OLHAR DIRETO

ONG pede cassação de deputado mato-grossense que separava dinheiro em caixa de papelão

Caso não haja interferências externas ou decisões do Poder Judiciário, a Câmara dos Deputados deve julgar ainda este ano o pedido de cassação do deputado mato-grossense Ezequiel Ângelo Fonseca, presidente regional do PP, formulado pela ONG Moral. A assessoria do deputado baiano Elmar Nascimento (DEM), presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara, explicou que o rito é normal, mas, antes do início das investigações, é a Mesa Diretora quem acata ou não o pedido.
 
A ONG Moral protocolizou  na Câmara uma representação cobrando um processo disciplinar contra o deputado Ezequiel Fonseca (PP), utilizando como prova o fato de ter sido denunciado na delação do ex-governador Silval Barbosa, formulada pela Procuradoria Geral da República e homologada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal. E, principalmente, por ter sido ter filmado arrumando dinheiro em uma caixa de papelão.
 
A interpretação da denúncia da ONG Moral é de que Fonseca  recebeu propina de Silval, no sala do ex-secretário Sílvio Correa, do Gabinete do Governador. Na filmagem montada por Sílvio Correa, em seu gabinete, em 2013, Ezequiel aparece na frente de uma caixa de papelão arrumando dinheiro.
 
Ezequiel Fonseca era deputado estadual e fazia parte da bancada governista. Atualmente, exerce o seu primeiro mandato na Câmara dos Deputados. Silval Barbosa e Sílvio Correa denunciaram ao STF e repetiram, em depoimento à Câmara de Cuiabá, que o dinheiro era propina e extorsão, em troca de apoio da Assembleia Legislativa.
 
Elmar Nascimento é considerado ‘legalista’, porém, vem sendo conhecido por sua lealdade ao grupo do atual presidente da Câmara Federal, deputado fluminense Rodrigo Maia (DEM). Desta forma, sem o aval de Rodrigo Maia, dificilmente o processo encontrará ‘eco’ no Conselho de Ética e Decoro da Câmara.
 
Já o ex-presidente do Conselho de Ética, deputado baiano José Carlos Araújo (PR), era considerado ‘linha dura’.
 
Ezequiel Fonseca não atendeu nem retornou às ligações da reportagem. Também não retornou às mensagens de WhatsApp.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo