Política

Educação 07/08/2018 09:05 Regina Botelho / Redação

Em um ano e sete meses prefeitura já realizou investimentos que chegam a R$ 2,6 milhões

A rede municipal de ensino de Cuiabá possui atualmente 163 unidades escolares, 70% delas construídas na década de 1980. Ao longo dos anos, a maioria delas nunca receberam serviços de manutenção o que acabou gerando uma grande demanda reprimida por serviços.

Assumindo seu compromisso, o prefeito Emanuel Pinheiro, em um ano e sete meses já  realizou investimentos que chegam a R$ 2,6 milhões.

Até o final de 2018, o município retornará quatro obras em diferentes unidades da rede municipal de educação e as ordens já foram assinadas pelo prefeito. Dentre as obras, as  quadras cobertas com vestiários das Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB) Tereza de Benguela, no valor de R$ 333.410,61, e Moacyr Gratidiano Dorilêo, no valor de R$ 380.774,38, e devem ser concluídas em 270 dias.

Também será retomada a reforma total da EMEB José Torquato da Silva, no valor de R$ 1.961.169,16 e a construção da EMEB Hilda Caetano, no valor de R$ 1,4 milhões, as duas com prazos de conclusão de 330 dias.

Ainda este ano devem ser concluídas as obras dos CMEI localizados no CPA III  e no bairro Recanto do Sol, ambos com capacidade para 240 alunos, além das EMEBC Benedita Xavier, no Distrito da Guia, e Nossa Senhora Penha de França, no Coxipó do Ouro.

De acordo com o secretário municipal de Educação, Alex Vieira Passos, a retomada de obras paralisadas e a construção de novas unidades, além da execução de outras ações e programas nas áreas pedagógicas, são compromissos assumidos pelo prefeito Emanuel Pinheiro, no início da sua gestão. “ Essas iniciativas estão transformando a Educação para que Cuiabá, nos seus 300 anos, possa avançar ainda mais na qualidade do ensino e em melhores condições físicas para nossos alunos e professores”, disse o secretário.

Em setembro,  devem ser iniciadas as construções de três novos CMEI’s, nos bairros Dr. Fábio, Bela Vista e Altos do Parque, atualmente em fase final do processo de licitação. Com capacidade para 240 alunos, elas fazem parte de um pacote de seis unidades cujas licitações encontravam-se paradas desde 2015.

Investimentos

Para equipar as cinco unidades novas e reequipar escolas da rede municipal de Cuiabá,

Emanuel investiu R$ 2.663.483,56 No total, nesse período, já foram distribuídos 7.067 equipamentos, utensílios, móveis, parques infantis e outros.

Só nos últimos cinco meses, tendo à frente da pasta o secretário Alex Vieira Passos, foram investidos R$ 158 mil na aquisição de móveis, utensílios, eletrodomésticos, fogões, parque infantil entre outros equipamentos que estão sendo entregues e já beneficiaram 48 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI), creches e Escolas Municipais de Educação Básica (EMEB).

De acordo com o secretário de Educação de Cuiabá, esses números se referem ao período de 05/03 a 15/06 e vai aumentar com a  inclusão de mais 16 unidades educacionais, a partir da segunda quinzena de julho.

A ação faz parte da força tarefa montada pela  gestão administrativa da Secretaria Municipal de Educação e o Plano de Ações Articuladas (PAR). “Os pedidos são feitos à Secretaria que analisa a disponibilidade em estoque. Caso não tenha o material, é observada a disponibilidade de recursos para a aquisição e posteriormente a entrega é feita”, explicou o diretor Administrativo e de Patrimônio, da SME, Márcio Roberto Daima.

Os recursos para reequipar as unidades são oriundos do município (Fonte 100) e do governo federal, por meio do  PAR. “A determinação do prefeito Emanuel Pinheiro é atender o máximo possível de unidades e, aos poucos, fazer a substituição dos utensílios, eletrodomésticos e móveis, dotando as escolas de melhores condições de trabalho para os profissionais de educação e conforto aos alunos”, destacou o secretário Alex Vieira Passos.

 


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo