Saúde

04/09/2017 14:32 GAZETA DIGITAL

Fogos de incêndio aumentam e bombeiros solicitam reforço em Rondonópolis

Cerca de 50 militares do Batalhão de Emergências Ambientais devem chegar a Rondonópolis (212 km de Cuiabá) neste domingo (3) para auxiliar no combate ao incêndio na aldeia Tadarimana (50 km de Rondonópolis). Conforme informações da assessoria do Corpo de Bombeiros caso o fogo não seja contido, na segunda-feira (4) as aeronaves do Batalhão de Emergências Ambientais (BEA), serão solicitadas para o combate. 

“As duas aeronaves são dos Bombeiros de Mato Grosso e serão pilotadas por nossos oficiais. Toda logística para abastecimento de água e combustível já está preparada para deslocar até Rondonópolis. Os 50 bombeiros ficarão alojados em barracas de campanha. É uma estrutura de combate” explica a assessoria dos Bombeiros.

De acordo com os Bombeiros, vários focos também estão ocorrendo na cidade de Rondonópolis. Em média os Bombeiros recebem três chamadas solicitando ajuda diariamente. Os incêndios acontecem em lotes baldios, lixos e entulhos. “Está aumentando a intensidade e se acumulando em Rondonópolis” explica os bombeiros.

O fogo começou faz alguns dias na aldeia. Conforme os Bombeiros os focos estão se multiplicando durante o dia. “Durante o dia os focos aumentam em vários pontos distintos, dificultando a ação de combate das equipes do Corpo de Bombeiros. A equipe atuou na sexta-feira (1) com auxílio dos indígenas. Os focos ficaram reduzidos e com fogo em duas frentes distintas. Existe várias estradas que dividem a terra e servem de aceiro e contenção do fogo. O acesso até o local da frente do incêndio esta a quase 3Km da margem da estrada. O motivo do incêndio ainda não foi identificado” explicou a assessoria do Corpo de Bombeiros.

O fogo tinha sido extinto na quarta-feira (30) e retornou na sexta-feira (1). O comandante do 3° batalhão tem mantido 20 bombeiros no combate que conta com apoio logístico da SEMMA de Rondonópolis e dos bororos que estão atuando no combate.

Foram feitos aceiros, vários talhões aproveitando as estradas existentes. Dois oficiais estão coordenando as atividades. O acesso a frente do fogo esta cerca de 3 quilômetros da estrada, sendo necessário combate com bombas costais e abafadores. 

Por volta das 20:00 horas a guarnição do Corpo de Bombeiros que atua no aeroporto juntamente com o helicóptero da Coordenadoria de Operação Aéreas (Ciopaer) conseguiu controlar o fogo. 

 


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo