Saúde

05/09/2017 16:05 Midias News

MPE investiga denúncia de supostas agressões a idosos

O Ministério Público Estadual (MPE) instaurou inquérito civil para apurar supostas agressões praticadas por médicos e enfermeiros do Hospital Regional Albert Sabin, de Alta Floresta (803 km ao Norte de Cuiabá).

O procedimento foi aberto pelo promotor Luciano Martins da Silva, da 1ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Alta Floresta, em 28 de agosto.

Na portaria que instaurou o procedimento, o promotor menciona que o inquérito tem como base uma denúncia sigilosa encaminhada à ouvidoria da instituição.

A manifestação enviada anonimamente ao MPE detalhou que pessoas idosas seriam vítimas de violência no hospital regional, que seriam praticadas, supostamente, por médicos e enfermeiros.

“A necessidade da instauração do presente procedimento decorre do teor da manifestação sigilosa realizada na Ouvidoria do Ministério Público, registrada sob o nº 27687”, assinalou.

Luciano Martins determinou que o enfermeiro-chefe do Hospital Regional de Alta Floresta seja notificado para comparecer a uma audiência na Promotoria de Justiça, que ainda será agendada.

Na data, ele deverá prestar esclarecimentos sobre a suposta violação aos direitos da pessoa idosa na unidade de Saúde.

O servidor Henry Leones de Souza, que atua como assistente ministerial, foi nomeado para liderar os procedimentos administrativos sobre o inquérito.

As apurações ainda não têm prazo para serem concluídas.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo