Saúde

04/12/2017 15:28 Prefeitura Cuiabá

Cuiabá lança Guia de abordagens e intensifica combate às doenças sexualmente transmissíveis no >Dezembro Vermelho>

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) atua rotineiramente na conscientização e combate às doenças sexualmente transmissíveis em Cuiabá. Apenas neste ano, além das orientações, mais de 1,6 milhões de preservativos masculinos e 81.860 femininos, já foram distribuídos à população, no intuito de diminuir as 40 novas contaminações, diagnosticadas todos os meses na Capital. Conforme a SMS, de janeiro a novembro deste ano, 398 pessoas foram positivadas com o vírus HIV. Destas, 83 são do sexo feminino e 315 masculino.

Os dados ainda revelam que a faixa etária deste público está entre os 15 e 24 anos. Visando conscientizar este e os demais públicos, na sexta-feira,  1º de dezembro, dia Mundial de Combate à Aids,  a SMS deu início às atividades alusivas ao ‘Dezembro Vermelho’. O mês terá as ações de  conscientização contra as doenças sexualmente transmissíveis intensificadas. Durante toda a manhã, com a parceria do Hospital Universitário Júlio Müller, profissionais da saúde do Município e de outras entidades, lançaram o "Guia Prático em Abordagem Sindrômica". A Coletânea facilitará o diálogo dos médicos, enfermeiros e técnicos sobre as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST) para com a população.

“Por muito tempo as pessoas se infectaram com essas doenças porque elas eram tabus. Hoje se infectam porque não acreditam que elas podem ocasionar a morte. Esse Guia Prático, construído a várias mãos, será agregado às atividades que já estamos realizando, para que, de uma maneira mais simples possível, possamos levar as informações de forma a impactar e alertar a população quanto e esse risco cada vez mais ignorado”, frisou a Diretora de Atenção Secundária, Dúbia Beatriz Campos. Ela representou a secretária de Saúde do Município, Elizeth Araújo na cerimônia de lançamento.

No fim da tarde, outra equipe da SMS se reuniu na Praça Alencastro.  A ação foi voltada à informação e orientação para a comunidade sobre as formas de prevenção à Aids e IST, estimulando o autocuidado. Embora interrompida pela forte chuva que acometeu no Centro Histórico, o ato entregou cerca de 4,5 mil preservativos, esclareceu dúvidas referentes à utilização dos mesmos e alertou sobre a importância do diagnóstico precoce por meio de abordagens e da distribuição de panfletos. 

Parceiro da ação, Valdomiro Arruda, coordenador do Conselho de Atenção a Diversidade Sexual de Cuiabá, lembra que a falta de procura e de interesse da população pela temática, faz com que cresçam os índices sobre as doenças. “Infelizmente as pessoas não estão levando a sério essas graves doenças e essa falta de interesse faz com que os números aumentem cada vez mais, especialmente entre a população jovem e as mulheres casadas. Ações como estas servem para lembrar  que não importa a opção sexual, ou se você tem um parceiro fixo ou não, é preciso se cuidar, e o melhor remédio contra as doenças sexualmente transmissíveis é a camisinha”, alertou.

Atento a palestra, Ronielson Tavares, 23 anos, ficou impressionado com os números de soropositivos na Capital e no Brasil. “Realmente eu não fazia ideia de que o HIV estava assim tão presente em nossas vidas. A cada 15 minutos uma pessoa é contaminada pelo vírus no Brasil. Não é simples, é algo muito grave. Parabenizo a equipe que está aqui na praça, que mesmo em tempo chuvoso trouxe essas informações valiosíssimas para as pessoas. Eu confesso que era meio relapso com relação ao uso do preservativo, mas depois dessas informações, sexo só com camisinha”, confidenciou.

Conforme a coordenadora do Programa de Infecções Sexualmente Transmissíveis (Ist’s/AIDS e Hepatites Virais), Mariella Padilha,, evento é uma extensão do que já é realizado pela secretaria ao longo da semana. Entretanto, garantiu que até o fim do mês, as atividades serão intensificadas. “Nosso objetivo é alcançar o maior número de pessoas possíveis e alertá-las quanto aos riscos dessas doenças. Dessa forma, vamos aproveitar o primeiro ‘Dezembro Vermelho´, para energizar as ações, haja vista que o tema será abordado nacionalmente com mais ênfase. Até o fim do mês, diversas atividades ainda serão realizadas com esse foco”, ressaltou.

CUIABÁ É REFERÊNCIA EM ATENDIMENTO

Além dos suportes de testagem rápidas que permitem celeridade nos diagnósticos,  o Serviço de Assistência Especializada (SAE) de Cuiabá é referência em atendimento contínuo e humanizado para pessoas soropositivas, com Hepatites Virais e IST em Cuiabá, e para outros municípios do Estado.

Conforme a coordenadora do SAE – IST/HIV/AIDS e Hepatites Virais, Márcia Quatti,  a  equipe  multiprofissional do SAE esta preparada para oferecer o atendimento e o suporte necessário para a população. “O HIV é um vírus do século passado que infelizmente está cada vez mais presente na vida da população nos dias atuais.  Estamos imensamente felizes por termos um mês dedicado à prevenção e combate às IST, e estamos radiantes por podermos contar, a partir de agora, com o Guia prático de abordagens, pois sabemos que isso favorecerá o entendimento da população sobre essa temática, cada vez mais preocupante”, finalizou.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo