Saúde

05/01/2018 17:23 Diário Da Serra

Centro de Reabilitação de Tangará passará por reforma

Já há muitos anos sem passar por uma reforma geral, o Centro de Reabilitação de Tangará da Serra ganhará algumas melhorias em sua estrutura física ainda nesse mês. Essa é a previsão da Secretaria Municipal de Saúde, que realizou na última quarta-feira, dia 03, o processo de licitação para a obra, tendo como empresa vencedora a O.S. Mendes. De acordo com o secretário responsável pela pasta, Itamar Bonfim, agora o município aguarda a oficialização do procedimento e abertura de orçamento para formalizar a ordem de serviço. “Estamos aguardando os documentos do setor de licitação para a gente chamar a empresa e assinar o contrato. Acredito que ainda nesse mês a gente consiga emitir a ordem de serviço”, comentou o secretário de Saúde, ao destacar que a reforma abrangerá o telhado e as paredes, que atualmente passam por problemas de infiltrações.


“É fundamental que haja essa reforma, porque se trata de um prédio já antigo. A gente busca fazer pelo menos uma reforma geral, com pintura em todo o prédio para dar uma cara mais agradável e um ambiente mais adequado para os pacientes. É muito importante essa reforma porque ao adentrarmos no Centro de Reabilitação, nos deparamos com bolor nas paredes por conta das infiltrações”, explicou Itamar Bonfim, informando ainda, que a obra está orçada em R$ 100 mil, valor garantido através de uma emenda parlamentar do Deputado Saturnino Masson (PSDB). “Essa emenda será suficiente para a gente mexer e resolver alguns problemas que temos na parte estrutural”, disse Bonfim.


Para esse semestre, ainda de acordo com o secretário de Saúde, a expectativa é que aconteçam mais melhorias no Centro de Reabilitação, após a conclusão de um novo Laboratório Municipal. “Vamos construir um novo laboratório, que será orçado em mais de 600 mil reais. Atualmente temos um laboratório que não suporta mais a demanda de nossa cidade. O prefeito Fábio Junqueira já nos cedeu um terreno, então assim que abrir o orçamento vamos enviar o projeto para a Vigilância Sanitária, em Cuiabá. Quando todos esses primeiros procedimento estiverem finalizados, vamos iniciar o processo licitatório. Vamos retirar o laboratório de onde está atualmente, e todo aquele prédio será um Centro Especializado de Reabilitação com mais profissionais e maior capacidade para atender a demanda”, finalizou o responsável.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo