Saúde

13/04/2018 13:35 G1

Cirurgias são comprometidas por falta de dinheiro na Santa Casa (MT)

 Os pacientes que precisam fazer cirurgias eletivas precisam esperar meses e até anos para serem atendidos. No caso da Santa Casa de Cuiabá, os procedimentos estão atrasados porque a instituição está com dificuldades financeiras.

Por mês, o hospital filantrópico realiza 40 cirurgias pelo Serviço Único de Saúde (SUS), incluindo as de vesícula e de hérnia. Mas há pelo menos 3 meses alguns médicos deixaram de atender porque estão com os salários atrasados.

Por causa disso só tem mantido os pacientes que já estavam sendo acompanhados pelo hospital. A expectativa é melhorar e ampliar os atendimentos depois que receber os R$ 10 milhões de emendas parlamentares que estão na conta da Secretaria de Saúde de Cuiabá.

O novo contrato de pactuação de aumento de produção deverá ser assinado ainda nesta semana.

Mas o hospital só poderá ampliar as demandas depois de um prazo de 60 dias.

Caso o dinheiro seja liberado nesta sexta-feira (13) pela Secretaria Municipal de Saúde, o diretor da Santa Casa de Cuiabá acredita que até terça-feira (17) deve regularizar a situação dos salários atrasados dos médicos.

A Secretaria de Saúde de Cuiabá explicou que o contrato de cooperação deve ser assinado nesta sexta-feira com a Santa Casa.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo