Saúde

08/06/2018 14:17 Prefeitura Cuiabá

Saúde de Várzea Grande já vacinou 86.44% do público-alvo contra a gripe

A Campanha de Vacinação Contra a Gripe vai até o dia 15 de junho. As vacinas ainda estão disponíveis em todas as unidades de saúde de Várzea Grande. É importante que todas as pessoas dos grupos classificados como prioritários vão se vacinar, agora neste período de inverno, onde aumenta ocorrências de casos de gripe.

De acordo com os dados da Vigilância Epidemiológica de Várzea Grande, a campanha imunizou até a data de 7 de junho (quinta-feira) 43.198 pessoas, o que equivale a  86.44 % do público-alvo vacinado. Para atingir a meta de imunizar 90% das 60 mil pessoas dos grupos prioritários, a Saúde espera, com a prorrogação da campanha, cumprir a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde. Lembrando que o público-alvo da campanha inclui idosos a partir de 60 anos, crianças de seis meses a cinco anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (mulheres em até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Até o momento, o público com maior cobertura são as puérperas com 563 doses aplicadas dando percentual de 102.18%, idosos com aplicação de 17.741 doses (96.26%), professores 3.421 doses aplicadas (98.53%), trabalhadores da saúde com aplicação de  4.869 doses da vacina (97.44%),e gestantes 98.27%, correspondente a 3.295 doses da vacina aplicadas . Já entre as crianças com idades entre seis meses e cinco anos, o índice de vacinação está o mais baixo na cobertura vacinal com 69.43%, sendo aplicadas 13.309 doses da vacina neste grupo.

A  Gerente da Vigilância Epidemiológica de Várzea Grande, Relva Cristina de Moura, faz o alerta aos pais ou responsáveis sobre a importância de imunizar a criança contra a gripe. “Ao vacinar a criança não está somente a deixando imunizada e sim fazendo com que ela não adoeça e não leve o vírus para outras crianças. Esse simples ato de vacinar seu filho fará com que ele tenha uma vida muito mais segura em relação as gripes.Quando a criança não recebe a vacina corre risco e até potencialmente fatal quando contrai a doença. Alguns pais atualmente estão preferindo não inocular seus filhos, por serem contra a aplicação do vírus no organismo da criança. Infelizmente, ao pensar assim, abre-se brechas para que uma doença se instale e acabe levando a criança a morte.A Vacina é segura e a melhor forma de prevenir doença”, explica Relva.

“Outro alerta, é quanto ao período de Campanha que já está no final, e a chegada do inverno próxima.Quanto antes vacinar,mais rápido será a garantia da proteção no inverno. Segundo o Ministério da Saúde, somente após 15 dias da vacinação é que começarão a surgir os anticorpos de proteção à gripe. Crianças e idosos são grupos que devem ser vacinados o quanto antes”, afiançou a coordenadora.

Casos de Gripe em Várzea Grande: Em Várzea Grande de acordo com a coordenadoria de Vigilância em Saúde, são 2 casos confirmados de Influenza H1N1 em 2018. Foram notificados 55 casos com suspeita de gripe Influenza H1N1, dos quais 12 foram a óbito. Dos óbitos, 2 confirmaram que foram por Influenza H1N1 após os exames laboratoriais e um caso o resultado foi positivo para a Influenza A(H3). Os demais casos ainda estão aguardando resultados de exames. 


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo