19 de Junho de 2019

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO

Terça-feira, 11 de Junho de 2019, 09h:55 - A | A

Omissão na informação gera suspeitas sobre o MT CAP

Assessoria

image

Da Redação

A prisão de João  Arcanjo Ribeiro e seu rival nos jogos de azar Frederico Muller Coutinho durante a Operação Mantus trouxe alguns questionamentos, entre eles sobre o MT CAP, suposto título de capitalização, que é visto por muitos como mais uma contravenção, configurando como jogo de azar. Atendendo a pedidos de leitores que entraram em contato com a redação do jornal e site Centro Oeste Popular, a reportagem entrou em contato com a direção do MT CAP, através de sua assessoria de imprensa, fazendo diversos questionamentos, entre eles para saber como funciona a arrecadação e principalmente quanto ao número de cartelas que são vendidas não só em Cuiabá, como em todo Estado, além de como é feita a prestação de contas. Vale lembrar que a empresa utiliza o nome do Hospital de Câncer para vender as cartelas, que se assemelham a bingos eletrônicos. Isso também valeu questionamentos por parte da reportagem, que pediu informações sobre qual porcentagem é repassada a unidade hospitalar.

Por mais de duas semanas, a reportagem do CO Popular insistiu em ter respostas da diretoria do MT CAP, não obtendo retorno, levantando suspeitas por parte dos leitores, que aguardavam esclarecimentos. Não é a primeira vez que o jornal tenta obter informações junto ao MT CAP, sendo que nunca obteve retorno por parte da assessoria. As dúvidas quanto à idoneidade do chamado título de capitalização são antigas. O então deputado estadual Pery Taborelli, no ano de 2016, chegou a defender uma ampla investigação sobre o título de capitalização, quando imagens divulgadas nas redes sociais levantaram suspeitas sobre o MT CAP, que que sorteia prêmios em dinheiro e bens, como carros e motos, semanalmente em todo Estado. As imagens mostram diversas cartelas do título de capitalização abandonados num matagal.

À época, a empresa informou que uma vendedora foi vítima de assalto e teve seus pertences roubados. Mas as dúvidas ainda pairam. E com as prisões decorrentes da Operação Mantus, surge a dúvida se o MY CAP é realmente um título de capitalização ou um jogo, comparado aos bingos, que vêm sendo fechados em operações da Polícia Judiciária Civil. E quanto a arrecadação de impostos e respeito aos direitos trabalhistas? São centenas de vendedores, que não se sabe se estão amparados pelas leis que regem o mercado de trabalho.

Imprimir

anonymous 12/06/2019

antes de publicar a matéria passe por uma pessoa que entenda de linguá portuguesa, pois tem vários erros de português ai

re 11/06/2019

muito estranho essa falta de informação

2 comentários

1 de 1

ENQUETE

VEJA MAIS

Você é contra ou a favor ao novo decreto do porte de armas?

PARCIAL

RÁDIO

Coletiva Santa Casa

Áudios da coletiva sobre a Santa Casa


(65) 3052-6030

redacaocopopular1@gmail.com admcopopular1@gmail.com financeiro@copopular.com.br

image